Uncharted 4: A Thief’s End estava previsto para este ano, mas acabou sendo adiado para 18 de março de 2016. O anúncio oficial da Naughty Dog dizia que o jogo estava ficando muito mais ambicioso do que o previsto originalmente.

Conversando com a Official PlayStation Magazine, Neil Druckmann disse que o próprio The Last of Us, que foi adiado em somente um mês, já fez toda a equipe se sentir culpada. Quanto a Uncharted 4, mais especificamente seu final está muito ambicioso e fez a desenvolvedora adiá-lo.

Sem querer entrar em detalhes, Druckmann diz que o final requer mais trabalho do que estava originalmente previsto. Se o título não fosse adiado, o final teria que ser reduzido ou cortado.

Por ser o último capítulo de Nathan Drake, a Naughty Dog deseja atender as expectativas dos fãs.

Ainda por ser o último do capítulo da saga, o escritor Josh Scherr comentou que não descarta a possibilidade de termos um novo Uncharted sem Nathan Drake, mas diz que é “difícil imaginar” como isso funcionaria.

Ele diz que esse mundo de Uncharted possui várias civilizações antigas que continuam inexploradas, assim como temos vários caçadores de tesouros carismáticos. Portanto, uma história sem Nathan Drake poderia ser contada, mas ressalta que seria difícil de imaginar.