NotíciasPlayStation 4

EA não planeja sequência para Star Wars Battlefront 2; base de jogadores aumentou

Depois de lançar Star Wars Battlefront 2 em 2017 com inúmeras críticas por conta das loot boxes e microtransações, a popularidade do game tem aumentado graças às atualizações de conteúdo e inúmeros patches.

Normalmente, a EA e DICE lançam o jogo, os DLCs do Season Pass e depois partem para uma sequência. O caso de Star Wars Battlefront 2 será diferente.

O site PCGamesN conversou com Dennis Brännvall, diretor de design de Battlefront 2, durante a Gamescom 2019. Segundo ele, “as sequências provavelmente ainda são viáveis, caso contrário as pessoas não as estariam fazendo”, explica ele, “mas não é a mesma fome que costumava ser”.

“Estávamos tão acostumados com a corrente de sequências, em que fazemos uma sequência, fazemos um passe de temporada por um ano e depois passamos para o próximo jogo. Eu acho que a indústria mudou nisso… antes era muito transacional, fazíamos o jogo e prometíamos 4 DLCs e era isso. Então você se concentra em agregar valor aos jogadores pelo que eles pagaram e, se houvesse um sistema que não estava funcionando, você coloca um alfinete nisso e diz que o corrigiremos na sequência”, disse Brännvall. “Desta vez, não faremos dessa forma”, ressalta.

“Você nos verá realmente revisando coisas que não estão funcionando e que não temos medo de mudar as coisas, o que significa que sua comunidade é mais feliz porque é um jogo melhor no geral”. Ele então dá um exemplo da geração anterior de “spawnwave” do sistema, que a equipe removeu após o feedback dos jogadores sugeriu que um mais focado na equipe seria melhor – então agora a DICE fez isso para que os jogadores pudessem nascer com os colegas de equipe.

“Não temos medo de fazer essas mudanças, pois se se estivéssemos trabalhando na sequência e fosse apenas um passe de temporada pago, teria sido ‘ok, não estamos fazendo isso na sequência, mas também não vamos mudar [agora]’”, finaliza Brännvall.