Fotos: Confira em nossa página no Facebook clicando aqui.

A E3 só abriu às 10h hoje, mas chegamos às 11h30 devido a algumas coisas que tínhamos que fazer antes.

Hoje gravamos muitas coisas, mas só vamos poder soltar aos poucos porque a internet não está a nosso favor. Agradecemos a sua compreensão!

POR FAVOR, VEJA NOSSO ÁLBUM! HÁ MAIS DE 200 FOTOS NELE E QUE MOSTRAM BEM MELHOR OS ESTANDES DO QUE AS SELECIONADAS AQUI.

Super Mario 3D World (Wii U)

Foi o primeiro jogo que jogamos. Aproveitamos duas fases no modo com 4 jogadores. A maioria estava com o Wii Remote apenas (inclusive eu).

O gameplay continua sendo Mario: corra, pule, colete moedas, itens e chegue ao final da fase. Não tem como errar com uma fórmula consagrada como essa – e a diversão só aumenta com outros três amigos ao mesmo tempo (Mario, Luigi, Peach e Toad).
 


Bayonetta 2 (Wii U)

Bayonetta está de volta. Quem jogou o primeiro título encontrará a mesma ação desenfreada. Todos os elementos continuam aqui, como os combos com soco e chute, além dos ataques de tortura, climax e principalmente o Witch Time (desvie no momento certo e o jogo ficará lento, possibilitando eliminar os inimigos mais facilmente).
 


Mario Kart 8 (Wii U)

Mario Kart 8 podia ser jogado com duas pessoas, uma usando o GamePad e a outra o Wii Remote com o Wii Wheel.

O gameplay é semelhante ao da versão de Wii, contando inclusive com motos e manobras aéreas. Mas a grande novidade é poder andar pelas paredes em certas partes das pistas.

 


The Legend of Zelda: A Link Between Worlds (3DS)

A demo possibilitava jogar no campo aberto iniciando na mesma casa do tio de Link de A Link to the Past. Nós exploramos as regiões que eram acessíveis, pois, por exemplo, o castelo não podia ser acessado. Se você caminhasse até onde a primeira dungeon está presente em ALTTP, acessaria uma dungeon do jogo. Itens que podiam ser usados incluem a espada, escudo, martelo, arco e flecha. Se você encostar em qualquer parede e apertar A, pode "mesclar" com ela e usar o novo poder de Link. Itens como o Martelo e esse novo poder, além do arco e flecha, consumiam uma barra roxa que funciona como uma espécie de "stamina" que se recarregava sozinha.


Phoenix Wright: Ace Attorney – Dual Destinies (3DS)

Phoenix Wright retorna em sua velha forma e fórmula. Esta versão conta uma nova história – que acontece após Apollo Justice e conta, principalmente, com gráficos extremamente renovados para quem se acostumou com os presentes no DS.


Epic Mickey 2: The Power of Two (Vita)

Basicamente a mesma versão dos consoles. Porém, você deve usar a tela de toque para "pintar" ou "apagar" as coisas. Sentimos alguns slowdowns tensos durante o gameplay.


Puppeteer (PS3)

Jogo que possui um potencial imenso. A demo da E3 mostrava o início do título, que é bastante demorado para quem deseja apenas uma breve conferida no game. Segundo o Allan, que foi quem testou, o gameplay é bom, mas o pulo do personagem possui uma resposta lenta.

Vídeo sendo hospedado…

Sonic Lost World (3DS, Wii U)

A versão de 3DS estava jogável hoje. Pasme: ela é idêntica à de Wii U. Claro, considerando suas limitações gráficas. Mas a fase e o gameplay são extremamente parecidos.


Além disso, gravamos um gameplay da versão de Wii U.

Vídeo sendo hospedado…

Skylanders: Swap Force (Wii U, Wii, 3DS, PS3)

Demonstrado a portas fechadas, pudemos ver como o jogo funciona, alguns novos bonecos e detalhes do jogo:

  • Troca de partes do corpo dos personagens, misturando as partes (pernas de um com cabeça e torso de outro) e isso se reflete no jogo;
  • Personagens dos jogos antigos funcionarão no novo jogo;
  • 16 personagens com capacidade de misturar as partes do corpo (swap);
  • Dual element gates: passa-se por eles misturando as partes dos personagens (uma de cada elemento), ou então joga no cooperativo, um de capa elemento;
  • Novo personagem: Star Strike;
  • 16 novos personagens principais, além dos 16 da Swap Force;
  • Nem todos estarão disponíveis no lançamento;
  • Stink Bomb: novo personagens swap force, pode ficar invisível;
  • O vilão Chaos está de volta, e tem agors o poder de transformar as criaturas para o mal;
  • Pode-se melhorar o seu personagem, e a melhora será em partes especificas dele: se melhorar a perna de um, isso fica salvo na parte, e aparecerá em qualquer personagem em que você usar a perna;
  • Existem áreas especiais que só podem ser acessadas com habilidades especiais de cada personagem (ou parte dele);
  • Serão oito zonas diferentes que só podem ser acessadas por movimentos especificos da swap force;
  • Novos tesouros lendários e outros tipos de colecionáveis;
  • Além da história principal, ainda haverá 20 fases bônus;
  • Será lançado para 3DS, Xbox 360, Xbox One, PS3, PS4, Wii e Wii U no outono norte-americano;
  • O nível dos personagens poderá chegar até o 20, inclusive dos personagens antigos (que chegavam somente até 15);
  • Somente a base nova será utilizável;
  • O starter kit virá com a base e 5 personagens.

Após sairmos da apresentação, ganhamos um Skylander exclusivo da E3:
 


Call of Duty: Ghosts (PS4, PS3)

A portas fechadas, pudemos assistir a partes do novo CoD, com algumas explicações vindas direto do pessoal da Activision. São elas:

  • É um novo mundo, com nova historia e novos personagens;
  • Steven gaghan, roteirista ganhador de um Oscar, escreveu o roteiro do jogo;
  • É demonstrada uma tech demo, mostrando as novas capacidades da engine utilizada no jogo: profundidade em tempo real de objetos que antes eram planos;
  • Além disso, outra técnica que suaviza as curvas de polígonos utilizados na criação dos gráficos do jogo; mesmo aproximando das imagens, os polígonos não estouram;
  • Outras implementações: efeitos de luz na visão do jogador – como no mundo real, quando estamos no escuro e viramos para a luz, a visão deve compensar;
  • A história inicia com um evento catastrófico, quando o personagem principal ainda é um adolescente, e isso muda seu mundo; ele tem um irmão;
  • Após 10 anos, o personagem e seu irmão são o que restou do exército americano, e ambos se juntam a um grupo de elite chamado Ghosts;
  • A primeira demo chama-se "No Man's Land": o cachorro tem papel importante aqui, e é cheio de equipamentos, como uma câmera acoplada, que transmite imagem para o tablet do protagonista; além disso, ele tem uma coleira com sensores de movimento, caso o comando por voz não funcione; começa com o protagonista olhando inimigos através da cãmera acoplada no cachorro, e então ele comanda o cachorro para atacar; ele mata os dois inimigos e eles avançam; chegam em uma casa abandonada, e então tremores começam a acontecer; ao sair da casa, tem-se uma visão de uma igreja ao fundo, com um penhasco ao lado; os tremores continuam; eles começam a ir em direção a igreja, mas um novo tremor faz com que ela desabe no penhasco; o cachorro late e nota-se problemas mais a frente; ele pega o tablet, e começa a comandar o cachorro, para fazer uma missão de reconhecimento; ele visualiza 2 inimigos, e espera eles se separarem; ele manda o cachorro atacar o que está mais próximo; ele se pergunta aonde o outro foi; pede para o cachorro chamar sua atenção; o cachorro late… e então o personagem atira no inimigo; o cachorro continua avançando, e então ele visualiza um sniper; o sniper é abatido, e outro guarda é atacado pelo cachorro, e mais outro; o caminho fica limpo, e os personagens avançam; eles chegam a uma casa, onde ouve-se vozes; seu irmão quebra a janela, e manda o cachorro assustar todos lá dentro para fora; todos quebram a porta de saída, e em movimentos em câmera lenta, você atira nos guardas; eles entram na casa, e acaba a primeiro demo.

  • Federation Day: mostrado somente para imprensa; acontece em Caracas, Venezuela; começa com você no topo de um prédio, e fogos de artificio estourando ao fundo; helicópteros passam voando, e você avança até armas que disparam cabos de aço; cabos são disparados, e você se pendura em um deles para chegar ao outro prédio; preso pelo cabo, você desce pela frente do prédio, de rapel; e a medida que vai descendo, vai abatendo inimigos que se encontram nos andares do prédio; a ideia é abater esses inimigos sem chamar atenção, buscando deixá-los sozinhos antes de matá-los; você chega ao andar onde está o centro de controle, e usa um laser para perfurar o vidro e então entra no prédio; você chega a um mainframe, e utiliza um dispositivo para poder controlar a luz do prédio; nisso, vozes inimigas começam a se aproximar, e seu irmão te pressiona para que termine logo o serviço no dispositivo, que lentamente vai preenchendo uma barra de porcentagem; após os inimigos passarem direto, você avança de volta à janela, onde ainda está sua corda; agora com a visão direto do chão, você começa a avançar para baixo, atirando nos guardas que se encontram em sacadas do prédio; com uma faca, você avança por cima de um guarda, e em câmera lenta, consegue atirar a faca em outro guarda; a demo dá um salto, e pulamos para uma cena em que você está tentando sair de um prédio em chamas, desabando; tremores acontecem a todo momento, assim como pedaços desabando e vidro quebrando; o prédio começa a cair, e você a deslizar; fim da demo.

  • Into The Deep: passa-se na costa da América do Sul; tem uma nova arma, específica para fundo do mar; começa com você mergulhando com seu irmão; vocês avançam pelo fundo do mar; os detalhes são impressionantes; há peixes, cardumes, tubarão, algas, recifes, etc; vocês passam por umas algas mais altas, e logo à frente vê-se barcos passando, e deles saem mergulhadores; vocês se escondem atrás de rochas, e então disparam contra os mergulhadores, matando-os; a demo dá outro salto: agora, estamos perseguindo um alvo ainda embaixo da água; o alvo é um submarino, que lança ondas sonares que fazem tremer o fundo do mar, onde você se encontra; as estruturam do que parece ser um cemitério de navios começam a desabar, e você precisa destruir esse submarino; você pega uma bazuca com míssil teleguiado e a dispara; com o tablet, você controla o missil, que atinge o alvo e explode o submarino; os pedaços dele começam a afundar, e destroem a estrutura onde você se encontra, um tipo de farol submerso; você fica preso nos escombros, e seu irmão te ajuda a se livrar; mais pedaços começam a afundar, e vocês têm que sair dali o quanto antes; muitos destroços afundam rapidamente; você nada por um navio naufragado e, logo depois dele, mergulhadores começam a surgir, e então a demo se encerra.
  • Todas as demos rodaram a 60fps.
  • A Activision não nos respondeu se uma versão de Wii U está confirmada. Quando perguntamos, apenas disseram "não podemos comentar sobre esse assunto ainda".

Concluindo…

Os jogos com "vídeo sendo hospedado" terão seus vídeos postados na próxima edição do diário, se conseguirmos hospedar.

Desta vez esbarrei com Sakurai (Smash Bros.), mas como o Allan estava jogando Mario Kart, não pude tirar foto com ele.

Amanhã será o último dia e criamos uma lista de prioridades de jogos a serem conferidos. São eles (em ordem de como visitaremos na E3): Pokémon X/Y (3DS), Batman: Arkham Origins Blackgate (Vita), Runner 2 (Vita), Beyond: Two Souls (PS3), Knack (PS4), títulos de produtoras independentes (PS4), Need for Speed Rivals (PS4), Mad Max (PS3, PS4), Batman: Arkham Origins (PS3), Lightning Returns: Final Fantasy XIII (PS3), Watch Dogs (PS3, PS4, Wii U) e Assassin's Creed IV: Black Flag (PS3, PS4, Wii U).

Esse é o nosso plano, mas acho difícil cobrir tudo… ainda mais considerando as filas enormes que existem para muitos jogos.

Além disso, conferiremos The Witcher 3: Wild Hunt (PS4) a portas fechadas, com uma entrevista a seguir.

Até a próxima!