Conversando com o site IGN, Patrick Soderlund, da DICE, comentou sobre Mirror's Edge 2.

Segundo ele, a desenvolvedora esteve indo e voltando em ideias para o jogo nos últimos 4 ou 5 anos. Sara Jansson é a produtora executiva agora e a sua última ideia foi dada aos chefes da DICE e da EA que não resistiram e aprovaram.

Falando sobre o jogo original, Patrick disse que ele vendeu bem com o passar do tempo, mas não foi o "hit" que eles esperavam que fosse.

Ele também não disse que ideia foi essa de Sara, mas confirma que era original à visão original, com a perspectiva em primeira pessoa e com o mesmo estilo de arte. Ela foca nas coisas boas de Mirror's Edge e talvez remove algumas coisas que não eram boas. Quanto ao combate, ele será uma parte grande do jogo, mas de uma maneira diferente. A DICE espera colocar menos tiro e se focar mais no movimento. Por fim, a ideia proposta não rodaria no PS3 ou 360, somente nos consoles da próxima geração. Patrick não detalhou o motivo disso, porém.

Paralelo a isso, Patrick também conversou com o site VideoGamer sobre Star Wars: Battlefront que foi anunciado na E3 pela EA.

Patrick disse que ainda não decidiram que direção devem seguir. Mas uma coisa é certa: eles sabem que as pessoas não querem um Battlefield com gráficos de Star Wars. Porém, da mesma forma, eles não vão ignorar coisas que podem ser aproveitadas da série. Existirá um balanço nesse sentido.