Em uma longa entrevista e matéria sobre Red Dead Redemption 2 do site CQ, Dan Houser disse que agradece por não lançar Grand Theft Auto 6 na era Trump, se referindo ao atual presidente dos EUA, Donald Trump.

“É realmente incerto o que faríamos com isso, sem contar em como irritaríamos as pessoas com qualquer coisa que fizéssemos”, disse o co-fundador da Rockstar Games. “Ambas progressão liberal intensa e conversadorismo intenso são muito militantes e muito zangados. É assustador, mas também algo estranho, e assim ambas parecem ocasionalmente irem para o lado do absurdo. É difícil satirizar por essas razões. Algumas das coisas que você vê são muito além de sátiras. Seria algo desatualizado em apenas dois minutos, tudo está mudando tão rápido”, comenta Houser.

Por isso, Houser é agradecido que o seu próximo jogo, Red Dead Redemption 2, acontece no passado, em um período histórico definido. Leia a entrevista na íntegra.