A Capcom realizou hoje uma apresentação na New York Comic-Con e revelou alguns detalhes adicionais de Devil May Cry 5.

Apesar de não ter tido uma transmissão ao vivo, fãs que estavam presentes gravaram vídeos e publicaram online. É possível ver a moto Cavaliere em ação, Balrog, Cerberus (de Devil May Cry 3) e seus três modos, assim como Faust.

Paralelo a isso, em entrevista ao site DualShockers, o diretor Hideaki Itsuno e o produtor Matt Walker comentaram sobre a possibilidade de Nicoletta “Nico” Goldstein ser jogável.

Segundo Itsuno, isso nunca esteve nos planos. A ideia é que ela dá as coisas a Nero e o cobra, no sentido de “é melhor você lutar bem!” ou “tome cuidado com a mercadoria!”. Ou seja, ela não é a que vai para luta, ela é o tipo de personagem que fala que você deve melhorar o seu estilo de luta.

Itsuno e Walker também falaram sobre a criação de Nico. Segundo eles, Nero tem Kyrie, mas ela é tão importante que o personagem não quer vê-la em perigo. Por causa disso, os desenvolvedores queriam uma personagem que apoiasse Nero durante o combate e é aí que surgiu Nico.

Por fim, a ideia base de Nico é que ela seria uma personagem ousada (atrevida, abusada), o tipo que se vê em Devil May Cry. Não há muito desse estereótipo em personagens femininas de jogos japoneses e por isso a Capcom decidiu seguir esse caminho.

Devil May Cry 5 será lançado em 8 de março para PS4, Xbox One e PC.