NotíciasPlayStation

Bungie anuncia parceria com a companhia chinesa NetEase; investimento de 100 milhões de dólares

A Bungie, desenvolvedora de Destiny e Halo, anunciou uma nova parceria com a companhia chinesa NetEase. Essa publisher investirá 100 milhões de dólares na Bungie para que uma nova propriedade intelectual seja desenvolvida (uma nova franquia). Com esse acordo, a NetEase tem uma participação minoritária na Bungie, o que refletiu com um assento no conselho de diretores.

Em mensagem no seu site oficial, a Bungie insiste que sua parceria com a Activision Blizzard não terá mudanças (e consequentemente Destiny). Veja abaixo a mensagem no site.

Na Bungie, nosso propósito é construir mundos que inspiram amizade. Há mais de vinte e cinco anos, ao longo de Marathon, Myth, Halo e Destiny, nós temos criado lugares fantásticos onde jogadores reúnem-se para tornar-se heróis. Agora, nosso objetivo de longo prazo é nos tornarmos uma empresa de entretenimento que sustente vários mundos simultaneamente – Destiny e novos mundos vindouros.
 
Hoje, nós estamos empolgados em anunciar que entramos em uma nova parceria com a NetEase para nos ajudar a explorar novas direções. Com a experiência deles na indústria, eles nos darão mais poder para construir novos mundos e convidar jogadores, novos e antigos, a juntarem-se a nós neles. Eles nos ajudarão a sustentar diferentes equipes dentro da Bungie para trazer à vida nossas ambições.
 
Se você é um jogador de Destiny, essa notícia não irá afetar o hobby com o qual já está familiarizado. Destiny é uma experiência que irá crescer por muitos anos. Nós continuaremos trabalhando com nossos parceiros da Activision para cultivar essa comunidade global e transformar novos jogadores do mundo todo em Guardiões. Nosso comprometimento com esse mundo não diminui com esse anúncio. Nós temos planos empolgantes para o futuro da franquia Destiny, e vocês saberão mais sobre os próximos passos que daremos juntos nas semanas por virem.
 
Por enquanto, estamos gratos pela oportunidade de acolher a NetEase à família. Nós temos uma visão audaz para explorar com eles, mas essa é uma conversa para outra hora.

Por fim, o CEO da Bungie, Pete Parsons, disse que o objetivo a longo prazo é criar um mercado para a desenvolvedora na China e que esse movimento pode auxiliar a Bungie a fazer coisas no futuro como publicar sozinha seus jogos.