Melhores de 2018 – PSX Brasil

2018 foi um dos melhores anos do PlayStation 4, sendo que muitos dirão que talvez seja até o melhor. Chegou a hora de relembrar os excelentes jogos que foram lançados e, é claro, premiá-los!

Os jogos aqui listados foram selecionados por toda a equipe do PSX Brasil.


Melhor Jogo de PlayStation 4

  • 1. God of War
    A série God of War precisava ser reinventada e a equipe da Santa Monica Studio realizou isso com maestria. A mudança de perspectiva, os gráficos fantásticos, o novo capítulo da história que se inicia e, principalmente, o combate viciante mostram que God of War é, facilmente, um dos melhores jogos de PS4.

  • 2. Red Dead Redemption 2
    Red Dead Redemption 2 é a excelência pura e um marco para os jogos de mundo aberto. Esbanjando detalhes e com uma ambientação soberba, o título da Rockstar Games é a versão definitiva de um jogo do Velho Oeste. A criação do mundo, personagens e a qualidade técnica apresentada perpetuará por anos, assim como seu antecessor fez.

  • 3. Spider-Man
    Spider-Man é, facilmente, um dos melhores jogos de super-herói de todos os tempos. O gameplay controlando o cabeça de teia é ótimo, seja no combate ou enquanto se balança pelos prédios de New York. A história também é bem construída. Porém, as partes “humanas”, quando controlamos Peter Parker e Mary Jane por exemplo, deixam a desejar e quebram o ritmo. Por sorte, esses trechos são uma minoria e não estragam a experiência como um todo. Spider-Man, no fim, é um jogo obrigatório.

  • 4. Monster Hunter: World
    Monster Hunter World é uma obra-prima do seu gênero. Um RPG de ação incrível, acessível, envolvente, desafiador, divertido ao extremo e com um combate perfeitamente refinado. Isso faz valer cada segundo dedicado a ele, tornando-o obrigatório para fãs de longa data e para qualquer um que tenha o mínimo de interesse de conhecê-lo.
  • 5. Assassin’s Creed: Odyssey
    Por todos os anos em que os fãs clamaram por um jogo da série na Grécia, Assassin’s Creed Odyssey faz toda a espera valer a pena. Por mais que tropece ao tentar implantar vários sistemas ao mesmo tempo, o conjunto ainda é superior à soma das suas partes e todos os seus ótimos momentos fazem dessa uma jornada digna do seu próprio épico poema.
  • 6. Detroit: Become Human
    Detroit: Become Human possui uma excelente narrativa que nos prende e faz pensar que as decisões tomadas realmente afetam a história – mesmo que isso talvez seja apenas impressão. Os aspectos técnicos são impecáveis, assim como a localização para o português. Os maiores problemas de Detroit são a chuva de QTEs (está na hora de trocar esse sistema) e certos elementos da história.
  • 7. SoulCalibur VI
    SoulCalibur VI é um excelente jogo de luta e consegue reacender a chama desta maravilhosa série. O gameplay é fantástico e o modo online flui muito bem. O conteúdo single-player também é muito vasto e o modo de criação de personagens continua agradando. Geralt foi uma ótima escolha de personagem visitante, também. A crítica negativa fica para o modo história contado em forma de texto ou diálogos (faltou aquela produção que Tekken 7 recebeu). Outros pontos negativos são a ausência de alguns personagens favoritos dos fãs, assim como os poucos inéditos (apenas dois, desconsiderando Geralt).
  • 8. Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age
    Mesmo considerando a medíocre trilha sonora, o retorno da série principal de Dragon Quest em uma plataforma PlayStation não poderia ser mais especial. A décima primeira edição da franquia é excepcional e completa. Não só a melhor maneira de matar a saudade de um gênero querido em tempos recentes, Dragon Quest XI também é um fantástico videogame – um dos melhores de 2018.
  • 9. Far Cry 5
    Aprimorando o que a franquia tem de melhor e inserindo antagonistas memoráveis, Far Cry 5 entrega uma experiência fantástica, com uma jogabilidade refinada, combate caótico e a adição dos companheiros de combate, que roubam a cena a cada momento do jogo.
  • 10. Dragon Ball FighterZ
    Dragon Ball FighterZ é um excelente jogo de luta. Apresenta gráficos incrivelmente belos e muito fiéis aos do anime. O gameplay, apesar de ser simples à primeira vista, possui uma profundidade que pode ser explorada pelos jogadores mais dedicados. O modo online também não decepciona, exceto pela dificuldade de jogar com os amigos. O modo história, mesmo tendo um começo lerdo e ser desnecessariamente muito longo, é interessante. No fim, Dragon Ball FighterZ merece muito ser conferido.

Jogos Mencionados nas Votações (mas não conseguiram chegar ao TOP 10): Shadow of the Colossus, Ni no Kuni II: Revenant Kingdom,
Shadow of the Tomb Raider, Divinity: Original Sin 2 Definitive Edition, Mutant Year Zero: Road to Eden, DJMax Respect, Yakuza Kiwami 2, Valkyria Chronicles 4, Labyrinth of Refrain: Coven of Dusk, Onrush e Darksiders 3.

Escolha dos Leitores: God of War, seguido de Red Dead Redemption 2. Veja todos os resultados.


Melhor Jogo de PlayStation Vita

  • 1. Muv-Luv Alternative
    Apesar da sua natureza mais linear, Muv-Luv Alternative é uma das melhores visual novels de todos os tempos. Com uma história deveras envolvente e capaz de alguns dos momentos mais poderosos já escritos, é um jogo obrigatório para os fãs de ficção científica.

  • 2. Root Double
    Com algumas idéias e reviravoltas tão criativas e complicadas quanto o seu nome, Root Double -Before Crime * After Days- Xtend Edition é uma visual novel com uma ótima história, muito cativante e divertida e que, apesar dos problemas de ritmo, é uma ótima opção para os fãs do gênero.
  • 3. Death Mark
    Death Mark é um jogo de terror perfeito para se assustar no Halloween, ou mesmo para qualquer fã de histórias de terror japonesas.
  • 4. Digimon Story: Cyber Sleuth – Hacker’s Memory
    Digimon Story: Cyber Sleuth – Hacker’s Memory é um bom RPG por turnos, com uma história interessante e personagens carismáticos, o que deve agradar a todos os fãs da série, mas que realmente não traz nada de novo, sofre com alguns dos problemas técnicos do original e se torna cansativo para quem jogou o primeiro, em razão do excesso de objetos e ambientes reutilizados.
  • 5. Timespinner
    Mesmo que o poder do tempo não seja tão bem utilizado, Timespinner consegue se destacar pela história e a quantidade de coisas que dá pra fazer. Trazendo tudo de melhor que o estilo Metroidvania tem a oferecer, ele torna-se um daqueles jogos que você vai adorar jogar duas vezes; uma para apreciá-lo, e a outra para pegar os troféus.

Escolha dos Leitores: Digimon Story: Cyber Sleuth – Hacker’s Memory, seguido de Persona 5: Dancing in Starlight. Veja todos os resultados.


Melhor Jogo de PlayStation VR

  • 1. Moss
    Moss é mais uma ótima demonstração de como a Realidade Virtual pode enriquecer e melhorar gêneros consagrados de jogos, sejam eles em primeira ou terceira pessoa. Criar uma exploração do ambiente tão dinâmica e criativa, bem como estabelecer uma forte ligação com a ratinha Quill de maneira tão imersiva e envolvente, são características que somente Realidade Virtual poderia proporcionar. Uma continuação maior e tão boa quanto esse primeiro volume de Moss é mais do que obrigatório.

  • 2. Tetris Effect
    De golfinhos saltitantes a índios e balões; de house/techno, dubstep ao jazz, Tetris Effect promete uma experiência imersiva e intuitiva. Quem não gostava do Tetris antigo, agora tem todos os motivos para redescobrir um clássico dos videogames. Mais do que recomendado jogar com um bom sistema de som ou fones de ouvido. “Until the next trip!”
  • 3. Zone of the Enders: The Second Runner MARS
    Zone of the Enders: The Second Runner MARS é mais recomendado para aqueles que nunca jogaram o título ou que querem aproveitar a campanha pelo modo VR. É um excelente jogo de ação, com ótimas mecânicas de combate.

Observações: o PS VR recebeu mais jogos que merecem ser citados neste artigo. Por exemplo: Astro Bot: Rescue Mission, Beat Saber, Firewall Zero Hour, The Persistence e outros. Porém, devido ao acesso limitado que temos ao headset, não vamos ser falsos e dar prêmios a jogos que não jogamos (e principalmente que não analisamos). Portanto, se busca os melhores jogos de 2018 em PS VR, recomendamos os três acima (que jogamos) e destacamos também esses outros citados aqui.

Escolha dos Leitores: Astro Bot Rescue Mission, seguido de Tetris Effect. Veja todos os resultados.


Melhor Jogo Indie

  • 1. Overcooked! 2
    É inegável que Overcooked 2 não revoluciona a receita do jogo original, meramente adicionando alguns novos sabores e inovações que são suficientes para entregar várias horas de diversão e deixar um ótimo sabor na boca do jogador.

  • 2. Hollow Knight: Voidheart Edition
    Hollow Knight: Voidheart Edition é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores jogos inspirados na franquia Dark Souls. Sua desenvolvedora conseguiu captar perfeitamente a essência da tão famosa série ao entregar uma obra com uma narrativa profunda, gameplay divertido e fantásticos visuais. Sua enorme quantidade de conteúdo certamente roubará muitas horas daqueles que desejam aventurar-se por seu universo repleto de segredos.
  • 3. Dead Cells
    Dead Cells aposta na pixelart deslumbrante, no combate agressivo e desafiador, além do excelente uso do estilo de plataforma metroidvania. Peca em parte pelo fraco progresso e da forma como o roguelite é utilizado, fazendo uma experiência mais repetitiva e não tão recompensadora à primeira vista. Apesar de tudo, é um jogo divertido e que pode prender o jogador por horas e horas.
  • 4. Owlboy
    O núcleo da aventura em Owlboy é desvendar puzzles, intercalado por lutas contra chefes e com ocasionais pausas para assistir a progressão da história. É um indie muito competente, desde que o jogador não se importe com uma experiência “fechada” e efêmera. É, sobretudo, um primor visual, feito com uma formidável pixel art que o distingue dos demais na indústria.
  • 5. Guacamelee! 2
    Guacamelee! 2 é um título obrigatório. A DrinkBox Studios conseguiu tornar o que era bom em algo ainda melhor. Há algumas pequenas falhas, como poucas habilidades inéditas para a forma humana de Juan e alguns travamentos (principalmente quando se joga de forma cooperativa). Isso, no entanto, de forma alguma tira o brilho que esse jogo possui. A história é incrivelmente divertida, os ambientes são inéditos, o desafio é na medida certa (seja no combate ou nas mecânicas de plataforma) e o controle da galinha está melhor do que nunca. Jogar de forma cooperativa tornam as coisas ainda melhores. Ressalto mais uma vez: jogue.

Escolha dos Leitores: Hollow Knight: Voidheart Edition, seguido de Celeste. Veja todos os resultados.


Melhor DLC

  • 1. Encore – Sonic Mania Plus
    Sonic Mania foi um dos melhores jogos de 2017 e Sonic Mania Plus é basicamente oferecer algo a mais para os que procuravam mais conteúdo. O Encore é uma adição sólida, com dois novos personagens jogáveis, novas mecânicas, novas fases especiais e desafio de sobra. O competitivo para quatro jogadores também é bem-vindo. Se você ainda não jogou Sonic Mania, a hora é agora.

  • 2. Mooncrash – Prey
    Prey: Mooncrash é um DLC que expande e melhora diversos elementos do jogo original, focando em um gameplay roguelike de sobrevivência e de furtividade. Para quem gostou da experiência de Prey, sem dúvida vai ter muitas horas de conteúdo em Mooncrash.
  • 3. A Cidade Que Nunca Dorme – Spider-Man (The Heist, Turf Wars & Silver Lining)
    Spider-Man recebeu três DLCs – um por mês – e que, analisados separadamente, não agradaram muito os fãs. No entanto, o terceiro DLC (cuja análise será divulgada nesta semana em nosso site!) apresenta uma ótima variedade, ficando devendo apenas na conclusão da história. Se você considerar os três DLCs como sendo uma única expansão (“A Cidade Que Nunca Dorme”) e principalmente jogá-los de maneira seguida, verá que é um belo conteúdo extra para um excelente jogo base. São praticamente 10 horas de conteúdo adicional, com diversas missões principais, 9 roupas extras e vários desafios e crimes opcionais. A maneira que o DLC foi dividido deixou a desejar, mas o pacote completo merece estar no ranking de melhores DLCs de 2018.
  • 4. Surf ‘n’ Turf – Overcooked! 2
    Com novas cozinhas criativas e desafiadoras e várias adições que mantém a experiência bastante divertida ao longo de suas 12 fases, Surf ‘n’ Turf é um DLC fundamental para os fãs de Overcooked! 2.
  • 5. Destiny 2: Forsaken
    Destiny 2: Renegados é exatamente o que o jogo precisava em praticamente todos os aspectos. A melhoria na economia, atividades, recompensas e no endgame são pontuais e, junto com uma boa história, é capaz de manter os jogadores interessados por muito mais tempo. Porém, a Bungie e Activision devem repensar a estratégia usada em forçar os jogadores a comprarem conteúdos que não os interessa o suficiente e não possuem muito valor dentro do jogo.

Escolha dos Leitores: A Cidade Que Nunca Dorme (Spider-Man), seguido de Destiny 2: Forsaken. Veja todos os resultados.

DestaqueGOTY