Especiais

Impressões da beta privada de The Division 2

Praticamente três anos se passaram desde o lançamento de The Division. A Ubisoft anunciou ano passado que teríamos uma sequência do jogo em 2019 e no último final de semana tivemos a oportunidade de jogar a beta fechada de The Division 2. Confira as nossas impressões da beta do jogo que chega no dia 15 de março.

O início da beta fechada mostra que The Division 2 é uma sequência direta do primeiro jogo onde você mais uma vez será um agente de uma divisão especial chamado The Division. Agora, após o vírus ter sido combatido no primeiro jogo, você terá que enfrentar um novo grupo de guerrilheiros que está prestes a tomar conta de Washington uma vez que os governantes deixaram a cidade.

Você deverá então fazer o possível para restaurar a paz e ajuda a resistência a sobreviver e prosperar na capital americana. O jogo inicia em meio a um parque próxima à Casa Branca. Sua missão será eliminar os inimigos e ganhar acesso ao local que servirá como a base de operações, assim como James Farley Post Office funcionava no primeiro jogo.

A apresentação de The Division 2 tem seus altos e baixos. Embora estejamos lidando com a versão beta do jogo, com um pouco mais de um mês para o lançamento fica de certa forma previsível que a versão final será bem semelhante ao que foi apresentado agora.

No quesito gráfico, a nova localização causa um impacto bem significativo. A diferença entre os arranha-céus de Nova Iorque combinados com a neve intensa e os parques de Washington com alguns vastos campos verdes é o que mais chama a atenção.

Tudo é muito vivo na capital americana, bem colorido e atraente. Entretanto, o custo dessa ambientação mais vibrante aos olhos acaba por retirar o realismo que o primeiro jogo transmitia com suas cores mais mortas e o seu ar mais sombrio devido ao vírus que assombrou a cidade.

Pontos turísticos da capital americana estão presentes na sequência e em determinados momentos você terá a oportunidade de vê-los em sua grandiosidade. E quando isso ocorre, pode-se perceber que a equipe dos desenvolvedores fez um trabalho impecável em colocar esses prédios tal qual eles são no mundo real.

Os personagens por sua vez não demonstram uma grande evolução do primeiro jogo, mas o mesmo não se pode dizer da inteligência artificial de seus inimigos. Eles agora atacam de forma muito mais ordenada, cercando o jogador e com táticas bem desenvolvidas. Foi até melhorada a fala dos NPCs para dar uma maior impressão de realismo na conversa entre eles embora ainda possa parecer um tanto quanto mecânico.

A beta fechada de The Division 2 apresenta uma jogabilidade bem semelhante ao seu antecessor. O jogo continua exigindo que o jogador vasculhe a cidade em busca de melhores equipamentos, se esconda atrás de paredes, carros, etc para atacar inimigos, forme um grupo com outros jogadores online para conseguir completar missões mais complicadas e, consequentemente, conseguir uma evolução de seu personagem.

Pontos dessa jogabilidade foram melhorados como, por exemplo, a possibilidade de ter 4 armas equipadas no menu de fácil acesso ao invés de três, recompensas melhores ao enfrentar inimigos e a possibilidade de apenas criar os equipamentos a serem acoplados em suas armas ao invés de procurá-los pela cidade.

Um dos grandes problemas relatados pelos jogadores do primeiro jogo era o fato dos inimigos serem conhecidos como esponjas devido ao grande número de munição que eles deveriam receber para só assim morrerem.

O jogo também trouxe uma mudança que agradará os fãs da franquia com a instalação de uma armadura nos inimigos. Essa armadura é medida através de uma barra que se encontra acima da barra de energia dos inimigos. Ao destruí-las, os inimigos se tornam mais vulneráveis ao ataque de seu armamento.

Assim como os inimigos, você também contará com essa armadura para sobreviver. Você não terá os medkits como no jogo anterior, mas sim um item que irá restaurar sua armadura. Perdendo sua armadura, você terá apenas a barra de energia que acaba sendo muito mais frágil e isso o deixará mais vulnerável.

Veredito

A beta privada de The Division 2 mostrou que o jogo pretende ser mais do mesmo, agradando os fãs antigos com os elementos que receberam elogios e melhoras em alguns aspectos essenciais do primeiro jogo que mereciam a devida atenção. Graficamente, ele não possuiu uma grande evolução, mas no quesito jogabilidade ele acaba sendo um jogo que terá uma certa devoção de novos e antigos agentes da Divisão graças ao seu novo sistema.