Especiais

A História do PlayStation – Parte III-A 7ª Geração

Na terceira e última parte da série de artigos "A História do PlayStation" será abordada a mais atual investida da Sony no mercado, o PlayStation 3, e sua relação com seus concorrentes.

A Geração HD

Depois de grandes avanços em hardware, qual seria a novidade que a geração atual traria? Cada produtora tinha em mente diferentes formas de atrair o público para a sua plataforma. Conectividade, oferecendo uma central multimídia e uma grande comunidade virtual, simplicidade e interatividade, dando acessibilidade a todas as idades com uma jogabilidade simples, porém poderosa ou gráficos impressionantes em alta definição.

A empresa a dar o pontapé inicial da 7ª geração foi a Microsoft, com seu console XBOX 360 que foi lançado em Novembro de 2005. A Microsoft queria revolucionar o mercado, e apesar da boa recepção do console em seu lançamento, ele não definia exatamente o que seria da geração, pois uma das primeiras versões do console possuía diversas limitações, dentre elas, o controle ainda ligado ao console via fio,ausência de uma forma de armazenamento interna (era necessário o uso de Memory Cards), além da saída de vídeo ainda em SD (Standard Definition). Porém, com o tempo, o console evoluiu e novas versões foram sendo lançadas, tendo como sua última versão o XBOX 360 Elite, que possui saída de vídeo em alta definição, controles e headsets wireless e armazenamento em HD’s.

O segundo concorrente a entrar na briga da geração foi a Sony que em Novembro de 2006 lançou o PlayStation 3 nos Estados Unidos. O lançamento do PS3 foi muito aguardado. Visto o sucesso que seu antecessor obteve, todos esperavam algo, no mínimo, excepcional da nova investida. O PS3 chegou inovando em diversas formas. A nova mídia utilizada pelo PlayStation 3, o Blu-ray, prometia uma maior capacidade de armazenamento, o que acarretava em áudio e vídeo em melhor definição e seu controle veio equipado com acelerômetros para detecção de movimentos. As primeiras versões do console também acompanhavam um HD, saída de vídeo HDMI e uma delas conexão Wi-Fi. Entretanto, o PS3 não se saiu muito bem no seu lançamento. Grande parte do mercado já havia sido conquistado pelo console da Microsoft que já havia se estruturado com um lançamento precoce. Outro motivo que acarretou na má aceitação inicial do console foi seu elevado preço de venda, e a pequena biblioteca.

Por último, mas não menos importante, a Nintendo lançou nos Estados Unidos o seu console, o Nintendo Wii, poucos dias depois do lançamento do PS3. O Wii revolucionou a forma como se joga videogame, adicionando um grau de interação maior com o Wii-mote e seus diversos acelerômetros. O console vinha acompanhado de um tipo de jogo Demo, o Wii Sports que até hoje é jogado exausitvamente pelos fãs. O alvoroço causado pelo console foi gigantesco, tirando de foco seus concorrentes. A interface amigável e a facilidade em "pegar o jeito" dos jogos fez do Nintendo Wii um fenômeno instantâneo.

Nos anos seguintes, cada console definiu sua linha de mercado. Aos poucos o PS3 começou a se erguer, conseguindo grandes títulos exclusivos como LittleBigPlanet, Resistence, Metal Gear Solid 4 e Killzone 2 e foi aos poucos abocanhando sua pequena parte do mercado. O Nintendo Wii manteve sua explosão de popularidade inicial, impulsionada pelo preço do console que era muito mais acessível do que seus concorrentes. O console da Nintendo também teve sua gama de títulos de peso, como Super Smash Bros Brawl, Super Mario Galaxy, Mario Kart Wii, Metroid Prime 3 e The Legend of Zelda: Twilight Princess, entre outros. O X360 teve como um de seus maiores atrativos o seu serviço online, XBOX Live, com a imensa comunidade de jogadores e diversos jogos multiplayer. Teve como títulos de peso Halo 3, Gear of War 1 e 2, Mass Effect, Fable II, Forza Motorsport 2, Project Gothan Racing 3, Blue Dragon, Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts, além dos títulos multiplataforma.

Na geração atual, aparentemente o que diferencia os consoles são seus títulos exclusivos. Como no final das contas tanto o X360 quanto o PS3 possuem configurações de hardware parecidas, o que faz com que seus consoles sejam mais vendidos que outros são seus jogos exclusivos ou os first parties.

A Situação Atual

Apesar do ótimo desempenho do Nintendo Wii nos seus primeiros anos de mercado, parece que aos poucos ele vai perdendo espaço para os seus concorrentes. Muitos fãs reclamam que a line-up de jogos do Wii para o ano de 2009 está muito fraca, em comparação com o que está para ser lançado no PS3 e X360, sejam os jogos multiplataforma ou exclusivos. Os problemas de hardware enfrentados no lançamento do X360 parecem estar caminhando para a resolução, enquanto o PS3 consegue aos poucos ganhar mercado com redução de preço e exclusivos tentadores.

Aparentemente a briga está longe de terminar, visto que declarações da Sony indicam que o PS3 terá uma vida útil de 10 anos. Provavelmente seus concorrentes terão uma expectativa parecida, o que significa que ainda há muito tempo pela frente.

Resta aos gamers torcer para que as empresas continuem se esforçando em manter a boa qualidade de jogos lançados até hoje e busquem sempre o aprimoramento do nosso entretenimento, que hoje é maior que a indústria cinematográfica. 

Fim da série

Chegamos enfim ao final da série de artigos que contam a história do nosso querido console. Espero que todos tenham apreciado a leitura tanto quanto eu a sua escrita e continuem mantendo ligados para mais análises e artigos interessantes