O jornalista Jason Schreier, em seu artigo mais recente no site Bloomberg, foi atrás de depoimentos e relatos em relação aos escândalos que foram expostos e que ocorreram na Ubisoft nos últimos anos.

Uma coisa que Schreier deixa claro, é que a Ubisoft sabia desses problemas há anos e nada era feito. Outro ponto que ele compartilha em seu artigo é relacionado a Assassin’s Creed Odyssey.

Segundo ele, os desenvolvedores queriam que Kassandra fosse a única personagem jogável de Assassin’s Creed Odyssey. Porém, o departamento de marketing da Ubisoft, assim como Serge Hascoët, recusaram a proposta alegando que “mulheres não vendem”. E, por conta disso, tivemos Alexios.