O desenvolvedor de Return of the Obra Dinn, Lucas Pope, revelou que a Sony negou seu pedido de desconto do seu jogo na PlayStation Store.

Pope, que também é o responsável por Papers, Please, mencionou isso em resposta a um tweet de um fã que perguntou sobre um desconto.

O tweet de Pope foi divulgado no fórum ResetEra, após o qual um usuário Akumatic fez algumas pesquisas e encontrou declarações semelhantes de uma série de outros desenvolvedores independentes, um dos quais disse que a Sony negou seu pedido para oferecer um desconto de lançamento e seu jogo vendeu muito mal no PS4 em comparação com outras plataformas. Esse desenvolvedor é Mike Rose, e o jogo em questão é Nowhere Prophet.

Outro tweet datado de agosto de 2019 da Ratalaika Games sugeriu que os desenvolvedores devem ser convidados para as vendas da PS Store, e eles só podem descontar seus jogos quando a Sony permitir. Curiosamente, esses convites também variam de acordo com a região.

Mike Hicks, o desenvolvedor por trás de Pillar, escreveu em 2015 que seu jogo estava disponível por um preço com desconto na Europa. No entanto, ele teve que esperar que a Sony dos EUA o convidasse para uma venda a fim de oferecer o mesmo desconto aos jogadores dos EUA.

“Hoje, outro desenvolvedor independente francês que tem um jogo disponível no PS4 me disse que não conseguiu chegar à Sony Europe para entrar nas vendas de inverno”, escreveu o desenvolvedor Fabrice Breton. “Para pequenos indies como nós, isso é um desperdício de dinheiro porque 90% de nossas receitas vêm das vendas”.

Você pode ver outros exemplos no tópico do ResetEra.