David Hayter foi a voz de Solid Snake e Big Boss desde o primeiro Metal Gear Solid. Mas em Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, Hideo Kojima e sua equipe estarão com um novo dublador.

Na entrevista com o GameTrailers, Kojima explicou que eles querem "recriar" a série e para isso precisariam de uma nova voz também.

Confira abaixo o que David Hayter disse sobre o assunto no Twitter em espécie de uma carta aos fãs:

METAL GEAR V

Por

David Hayter

Então,

Aqui está uma recapitulação dos eventos:

Eu estive em Toronto, pelos últimos oito meses, dirigindo meu primeiro filme (WOLVES – 2013). Em dezembro, eu voltei para Los Angeles para as férias. Eu escutei daí que estavam fazendo sessões de gravação para MGSV.

Mas eu não escutei nada se eu seria necessário ou não.

Então, eu conversei com alguém envolvido na produção. Sentamos para almoçar e ele me disse que eles "não precisariam de mim" nesse jogo. Nenhuma razão ou explicação foi dada além disso.

E é isso.

Eu voltei para casa através do Laurel Canyon, chateado, e pensando sobre o Snake.

Para ser claro, eu amo fazer parte do mundo de Metal Gear. Eu admiro suas inovações tecnológicas, seu gameplay, a mensagem política. Mas principalmente, eu amo os fãs desses jogos. Dois adultos caíram em lágrimas quando me encontraram no Vancouver Fan Expo no ano passado.

Agora isso… é um papel raro e excelente. Você sabe que está causando um impacto.

E eu amo fazê-lo.

Em 1998, eu tentei fazer uma voz que sintetizava um soldado clonado, vitimizado, usado e geneticamente alterado que eu vi Snake ser. Com o tempo, conforme os games se tornavam mais estonteantes e sofisticados visualmente, eu tentei fazer a transição da voz inicial em ambientes cada vez mais reais que Snake se encontrava. Meu nível de sucesso dependia de você, mas qualquer deficiência percebida não foram por falta de um trabalho duro. Eu dediquei uma quantia enorme de tempo e esforço em criar um personagem constrangedor, capaz de expressar a miríade emocional, física e psicológica que Snake precisava encarar.

De qualquer forma, já faz 15 anos, 9 jogos e um enorme choque para aceitar.

Se fosse minha escolha, eu faria esse papel para sempre. Escutar a voz de outra pessoa da garganta de Snake me deixa um pouco doente, para ser honesto.

Mas a verdade é – não é minha escolha. Qualquer e toda decisão de elenco depende de Hideo Kojima e da própria Konami. E isso é justo.

E eu vou sobreviver. Eu não estou precisando de emprego de forma alguma.

Mas eu não queria que alguém pensasse que eu intencionalmente abandonei eles.

E saiba que eu sentirei saudades desse trabalho, e desse personagem, muito.

Meus melhores desejos a todos vocês,

David Hayter