Atualização: a Sony negou esta notícia.


A Sony Interactive Entertainment cortou sua produção estimada do PlayStation 5 para o ano fiscal que termina em março de 2021 em quatro milhões de unidades. Ou seja, o número agora é de cerca de 11 milhões de consoles previstos para o período. Isso ocorreu devido a um rendimento de produção instável do sistema de chip personalizado do console, de acordo com um relatório do site Bloomberg citando como fonte pessoas familiarizadas com o assunto.

Em julho, tanto o Bloomberg quanto o Nikkei relataram que a Sony Interactive Entertainment aumentou os pedidos iniciais de produção do PlayStation 5 em resposta ao aumento da demanda gerado pela pandemia COVID-19. A empresa pretendia produzir até 10 milhões de unidades até o final de 2020.

No entanto, o novo relatório cita questões como rendimentos de produção de sistema em chip tão baixos quanto 50%, o que reduziu sua capacidade de produzir quantos consoles desejava. E embora se diga que os rendimentos estão melhorando gradualmente, eles ainda não atingiram um nível estável.

O PlayStation 5 deve ser lançado neste fim de ano. A Sony Interactive Entertainment planeja realizar um evento “PlayStation 5 Showcase” em 16 de setembro, onde é amplamente esperado o anúncio da data de lançamento e preço do console. De acordo com Masahiro Wakasugi, analista da Bloomberg Intelligence, a versão em disco do PlayStation 5 pode custar até US$ 449, enquanto a edição digital pode chegar a US$ 399.