AnálisesPS3

Sonic & SEGA All-Stars Racing

Análise

NOME: Sonic & SEGA All-Stars Racing
FABRICANTE: Sumo Digital
PLATAFORMA: ps3
GENERO: Corrida
DISTRIBUIDORA: SEGA


LANÇAMENTOS
26/02/2010 26/02/2010 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Nº de Jogadores: 1-4 (2-8 Online)

Definição HD: 720p

Downloadable Content (DLC)

Trophies


Sonic & SEGA All-Stars Racing não pode ser visto como um jogo original. A sua comparação com Mario Kart, da Nintendo, é inevitável. Praticamente todos os elementos são inspirados na franquia. Se você não se importa com esse plágio, terá um título divertido, sólido e com bastante conteúdo para os fãs da SEGA.

Como o próprio nome sugere, é um jogo de corrida com cerca de metade dos personagens sendo da franquia Sonic e a outra metade com personagens clássicos da SEGA. Os personagens foram muito bem escolhidos: fora Ryo Hazuki, de Shenmue, que foi muito divulgado pela SEGA, temos personagens como Alex Kidd, Opa Opa (do clássico Fantasy Zone) e até mesmo Jacky e Akira de Virtua Fighter. É óbvio que existem franquias que não estão no jogo, como Phantasy Star, ToeJam & Earl, NiGHTS é apenas o responsável pela largada e assim por diante. A SEGA pretende lançar vários DLCs, começando com Ryo Hazuki com outro veículo (o seu Forklift, o qual também é seu movimento "All-Star", explicado mais adiante) e Metal Sonic. Mais personagens aparecerão, mas não foram divulgados.
 

Sonic & SEGA All-Stars Racing possui diversos modos de jogo. Não há um "modo história". Porém, há muita coisa que fará o jogador ficar preso ao título até finalizá-lo. Além dos seis simples "Grand Prix", cada um consistindo de quatro pistas, há um modo com missões (64 no total, sendo que a grande maioria não apresentam dificuldade) e o clássico Time Trial, presente em qualquer jogo de corrida.

Cada vez que você termina uma corrida, recebe "SEGA Miles". Ou seja, milhas que percorreu no evento que acabou de completar. Se você fez o melhor possível no evento (ganhou a corrida sem sair da pista, por exemplo), mais SEGA Miles receberá. Os SEGA Miles servem para comprar três diferentes itens: personagens, músicas e pistas.

Os personagens não há mistério: compre-os e poderá usá-los. As pistas compradas poderão ser usadas no modo "Single Race" e "Time Trial". Já as músicas servem como opções durante as corridas. Uma crítica neste ponto: todas as músicas do jogo – exceto as do menu – são músicas de outros jogos da SEGA. Não são remixes e muito menos novas, são as mesmas músicas originais dos jogos que vieram. A escolha, no entanto, foi boa para o clima de corrida e ação do game.
 

As pistas são muito bem feitas e construídas pela Sumo Digital. A maioria possui atalhos que precisam ser aproveitados e possuem armadilhas baseadas no universo daquele jogo que a pista usa. Uma crítica nas pistas é a falta de variedades: apenas os jogos Sonic Heroes, The House of the Dead, Jet Grind Radio, Samba de Amigo e Super Monkey Ball foram utilizados para as pistas. Como são 24 pistas, acontece o "absurdo" de duas pistas serem no mesmo local (como "Seaside Hill" de Sonic), mas com outro trajeto. Os personagens estão muito bem representados como dito anteriormente, mas as pistas poderiam ter seguido o mesmo caminho. De qualquer forma, não é um ponto fraco: as pistas são bem feitas.

As corridas são exatamente como Mario Kart, querendo ou não. Os itens são pegos em cápsulas e lembram muito os de Mario Kart: a luva de boxe verde atua como o casco verde; o foguete vermelho atua como o casco vermelho, um míssel gigantesco azul atua como o casco azul, mas com uma diferença, precisa ser ativado pelo jogador para destruir e vai atigindo todos os adversários na pista – não só o primeiro colocado; as minas lembram as bananas e assim por diante. Há uma novidade, pelo menos, que é o grande foco do game: os movimentos "All-Star". Quando você está em uma posição ruim na corrida, poderá receber tal item. Cada personagem possui seu próprio movimento "All-Star". Sonic se torna Super Sonic e aumenta a velocidade e pode atingir os adversários em seu caminho. Knuckles pode carregar um golpe e, ao soltar, um terremoto atinge todos os adversários. Amigo faz todos os adversários que encontrar dançarem atrás dele. Todos os 20 personagens possuem seus próprios movimentos e é raro acontecer ataques exatamente iguais (como Shadow virar "Super", assim como Sonic).
 

Comentando brevemente sobre os controles, o jogo possui diversas opções de customização, até mesmo utilizar o sensor do SIXAXIS como volante.

O modo Single Player, portanto, consiste dos Grand Prix, Single Race, Mission Mode e Time Trial. Já o multiplayer, que pode ser online ou offline, também existe, obviamente, e pode ser a alma do jogo para você.

No multiplayer offline, que pode ser jogado até em 4 pessoas com a tela dividida, acontecem corridas normais ou até mesmo um modo "battle" como Mario Kart. O "plágio" é tanto, que algumas pistas possuem o mesmo layout de pistas do jogo do Mario! O esquema é o mesmo: três acertos tiram o jogador da partida e esses acertos devem ser feitos com itens do jogo, os quais estão espalhados por um cenário fechado.

Além do modo Battle, há outros que farão você gastar tempo com os amigos: Capture the Chao (pegue o Chao e leve-o à sua base), Grab (pegue as esmeraldas e segure-as para pontuar), King of the Hill (seja o único corredor em uma determinada zona) e Knockout (a cada 15 segundos, o último colocado sai da corrida; fique em primeiro e vença).

O modo online é semelhante, porém somente corridas, mas com suporte até 8 jogadores.

O game é bem equilibrado entre os personagens devido aos itens, mas é notório que as motos (Ryo, Alex Kidd, Shadow, por exemplo) possuem vantagem. Para se dar bem nas corridas, é necessário aprender a mecânica do drift (novamente, outro elemento de Mario Kart) e o turbo originado com isso. Tanto motos quanto carros possuem isso. Mas as motos vão além: fazendo manobras através do comando cima e baixo, mais um turbo pode ser feito.

No final das contas, Sonic & SEGA All-Stars Racing é um "Sonic Kart". Como dito no início da análise, se você não se importa com o plágio que é extremamente notório, se divirtirá muito com o game. É uma agradável surpresa e esperamos que, se uma sequência acontecer, a Sumo Digital utilize todas as franquias da SEGA nos personagens e uma variação maior nos universos utilizados nas pistas.

80%