AnálisesPS3

[PSN] Rainbow Moon

Análise

NOME: [PSN] Rainbow Moon
FABRICANTE: SideQuest Studios
PLATAFORMA: ps3
GENERO: RPG / Estratégia
DISTRIBUIDORA: eastasiasoft


LANÇAMENTOS
04/07/2012 04/07/2012 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução: 720p

Jogadores: 1

Troféus

Downloadable Content (DLC)

Espaço necessário: 1,8 GB

Disponível na PlayStation Store


Rainbow Moon é um RPG estratégico (SRPG) dos mesmos produtores de Söldner-X – o que não quer dizer muita coisa, pois é um shooter. Mas apesar de ser de um gênero completamente diferente, a SideQuest Studios conseguiu fazer um título para agradar os fãs dos moldes clássicos do gênero.

A história segue a jornada de Baldren. Amaldiçoado pelo seu maior inimigo, Baldren acaba sendo teletransportado para “Rainbow Moon”. E, como se não pudesse ficar ainda pior, Baldren não só está neste mundo desconhecido, mas também abriu um portão dimensional, do qual tropas de monstros estão usando-o para invadir o planeta pacífico.

Os moradores de Rainbow Moon não gostaram nada dessa história, o que faz a jornada ser ainda mais dura para Baldren. Portanto, resta a ele fechar esse portão e voltar ao seu planeta natal. O portal só pode ser fechado por um cajado especial que não se sabe sua localização. Mas Baldren sabe criar um se achar os materiais corretos. Ele precisa de sete artefatos mágicos, que estão nas dungeons de Rainbow Moon.

Rainbow Moon combina diversos elementos clássicos dos SRPG: grinding gigantesco (evolução repetitiva), evolução do personagem e de seus equipamentos, além de batalhas que são baseadas em sua estratégia. As batalhas acontecem por turnos (veja o vídeo no final da análise para assistir ao início do jogo com algumas delas), sendo que você pode atacar ou movimentar, além de usar itens. É bastante simples, mas ao mesmo tempo complexo. Tudo o que um fã de RPG deseja está aqui.
Porém, não espere uma história profunda. Rainbow Moon é focado na mecânica de gameplay ao invés do seu enredo.

Conforme você avança no game, perceberá que existem os dois tipos de encontros com inimigos: aleatórios ou direto. De qualquer forma, as lutas acontecem de forma semelhante nos dois casos, além da possibilidade de ignorar as batalhas aleatórias. Sua equipe é formada por no máximo três personagens ao mesmo tempo. Você deve combater diferentes inimigos no campo de batalha.

O game possui dois tipos de “moedas”: Rainbow Coins e Rainbow Pearls. Cada uma apresenta diferentes propósitos. As coins servem para comprar itens, armaduras, armas e mais. As pearls fornecem upgrade específicos para os seus personagens, como força e defesa, assim como velocidade e sorte. Os equipamentos são evoluídos com itens encontrados nas batalhas.

Como dito, as batalhas são por turnos, forçando que você pense mais taticamente. Seus personagens possuem várias habilidades e diferentes atributos. As forças dos inimigos e do seu personagem, assim como suas fraquezas, possuem papel importante no combate. Por cima, o combate parece simples, mas é profundo e satisfatório.

Todas essas características se misturam em uma jornada bastante direta e com um sistema de side-quests bem amplo, alcançando prováveis 100 horas de jogo. O mundo é bastante vasto, possuindo um grande mapa para ser explorado, com uma diversidade bem alta.

Porém, ao jogar Rainbow Moon, existirão duas coisas que você notará: o seu nível de “fome” e as tochas. O primeiro, se você deixar o seu nível de fome chegar a zero, começará a perder vida. É um sistema que tenta reproduzir a vida real, mas que torna algo bastante monótono (deve-se preocupar com ela o tempo todo e retornar à cidade se acabar o seu estoque) em um SRPG. Já quanto às tochas, é algo semelhante: você precisa ter um bom estoque por causa da noite ou em uma dungeon. Se não tiver, o seu campo de visão será bastante limitado. Novamente, é algo “realista”, mas que encherá o saco do jogador. Bastante. Mas, por sorte, existe uma habilidade que elimina o uso das tochas.

Ranbow Moon é um SRPG bastante interessante, com uma boa trilha sonora (algo que não mencionamos até então) e que claramente foi feito para os fãs do gênero. Há alguns problemas que foram mencionados nesta análise, mas dada a falta de jogos do gênero (e de qualidade), Rainbow Moon é uma boa pedida.



— Resumo —


+
Mundo/mapa vasto


+
SRPG nos moldes clássicos


+
Todo o sistema básico (desde evolução até combates)


+
Longo





História não foi bem trabalhada





Sistema de “fome”





Sistema de “tochas” (apesar de ser provisório no game)





Voltado demais para o público fã do gênero

85%