AnálisesPS3

[PSN] Limbo

Análise

NOME: [PSN] Limbo
FABRICANTE: Playdead
PLATAFORMA: ps3
GENERO: Plataforma
DISTRIBUIDORA: Playdead


LANÇAMENTOS
20/07/2011 20/07/2011 04/08/2011


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Disponível na PlayStation Store

Número de jogadores: 1

Definição: 720p

Troféus


Limbo é um jogo de plataforma disponibilizado recentemente na PlayStation Store, embora já consagrado como um dos maiores sucessos da Xbox Live, que retrata a busca de um garoto por sua irmã, incerto do destino dela. Como todos sabem, a crença é de que o limbo seja o local para onde vão as almas que não são condenadas para o inferno — enquanto incapazes de desfrutar da vida eterna no paraíso —, o que deixa bastante claro que o jogo tem uma abordagem madura.

É difícil analisar Limbo de forma a refletir sua engenhosidade e unicidade. O jogo se baseia unicamente na traversão de ambientes, de formas que inegavelmente já foram exploradas em tantos outros jogos de plataforma que vieram antes, mas toda a tensão, a fragilidade do protagonista, fazem que esses obstáculos pareçam novos. Ultrapassá-los também garante ao jogador uma satisfatória sensação de recompensa, especialmente conforme o jogo progride e os desafios ficam cada vez mais elaborados.

Limbo também remete aos jogos à moda antiga, por assim dizer, no sentido de que o personagem é penalizado com a morte pelos erros do jogador. E acredite, a menos que você já tenha jogado anteriormente (ou tenha decidido arruinar sua experiência, assistindo a vídeos do mesmo), você vai morrer bastante. Mesmo progredindo com a maior cautela possível, o jogo parece estar pronto para acabar com o sofrimento do garoto a cada nova área. Felizmente, você retoma o jogo momentos antes de sua última morte, permitindo que você imediatamente perceba seu erro e tente novamente.

A direção artística do jogo é singular, com uma paleta totalmente monocromática. Em alguns momentos, você controla seu personagem guiando-se apenas pelo branco em seus olhos, a única característica que o diferencia de uma sombra. Embora isso possa ser visto como um aspecto negativo, funciona muito bem, e existe uma boa variedade nos ambientes, o que evita que o jogo se torne monótono. Variedade, a propósito, que é explorada na forma como os obstáculos são apresentados. Os ambientes se tornam ainda mais sombrios graças ao trabalho sonoro, tornando-se um dos fatores que aumentam ainda mais a tensão que assola o jogador.

Voltando ao enredo pouco explorado pelo jogo, ressalto que ele foi desenvolvido propositalmente assim. A ausência total de narrativa (não há sequer uma introdução ou um final) transfere o foco para o jogador: cada um tira suas próprias conclusões sobre o que experienciou. Isso pode intervir no aproveitamento do jogo, mas não de forma a tornar o jogo desinteressante, pois, assim como em Braid, a satisfação aqui é encontrada ao longo da jornada, e não chegando ao final.

A versão de PlayStation 3 também inclui uma área totalmente nova, curiosamente descrita como “correr não vai te levar à lugar algum.” É sem dúvida a parte mais desafiadora do jogo inteiro, especialmente porque na maior parte do tempo você sequer pode ver as armadilhas que te cercam, devendo se guiar totalmente pelo som. Ela é uma passagem alternativa e, de certa forma, bem escondida, então você não irá passar por ela a menos que assim o queira.

Infelizmente, Limbo é um tanto quanto curto, com uma duração entre 2 e 3 horas. Não existem extras de qualquer forma para serem destravados. A única vida extra do jogo está na conquista dos troféus, que em boa parte referem-se à colecionáveis (alguns muito bem escondidos, diga-se de passagem) e no desafio extra de finalizar o jogo morrendo menos de 5 vezes. Embora seja um mero artíficio, não é um desafio pequeno. O problema permanece no valor do jogo não ser compatível com a longevidade do mesmo, mesmo que, em momento algum, você tenha a impressão de estar com um produto incompleto em suas mãos.

De forma resumida, Limbo é uma jóia rara que certamente vai se consolidar entre os melhores da PlayStation Store. Desenvolvido por um estúdio independente, conseguiu seu merecido destaque por fugir de inúmeros padrões dos jogos atuais. Mantenha sua mente aberta e não renda-se a spoilers (as imagens utilizadas nessa análise são dos primeiros momentos do jogo), e você poderá desfrutar de cada momento dessa experiência excepcional.

— Resumo —

+ Puzzles instigantes
+ Atmosfera global única

Duração curta
Falta de extras
Preço

95%