AnálisesPS3

[PSN] Darkstalkers Resurrection

Análise

NOME: [PSN] Darkstalkers Resurrection
FABRICANTE: Iron Galaxy Studios
PLATAFORMA: ps3
GENERO: Luta
DISTRIBUIDORA: Capcom


LANÇAMENTOS
13/03/2013 13/03/2013 14/03/2013


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução: 720p

Nº de Jogadores: 1-2 (2-8 online)

Troféus

Espaço necessário: 336 MB

Disponível na PlayStation Store (brasileira inclusa)


Darkstalkers é uma série de jogos de luta 2D clássica da Capcom. O primeiro título, Darkstalkers: The Night Warriors, foi lançado em 1994 e também é o pioneiro de um estilo gráfico e de jogabilidade que a Capcom depois usou em jogos como Street Fighter Alpha e Marvel vs Capcom.

A temática de Darkstalkers também é algo incomum, buscando inspiração no sobrenatural, como vampiros, lobisomem, "frankenstein", etc (um "terror gótico").

Porém, depois do terceiro jogo, a série não recebeu mais nada de significativo além de coletâneas. Os fãs pedem há bastante tempo o retorno. Para ver se o interesse por uma sequência seria alto, a Capcom apostou em mais um relançamento: Darkstalkers Resurrection, uma versão em HD com diversos adicionais dos dois últimos jogos da série: Night Warriors: Darkstalkers´ Revenge (1995) e Darkstalkers 3 (1997).

Darkstalkers Resurrection possui os dois títulos na íntegra. Você pode aproveitá-los como eles eram no Arcade. Mas sabemos que se fosse apenas isso, a coletânea seria pouco atrativa.

Pensando nisso, a Capcom e a Iron Galaxy consideraram o projeto com o mesmo tratamento que Street Fighter III: Third Strike Online Edition e Marvel vs Capcom Origins. Ou seja, adicionaram um modo online (via GGPO) bastante funcional. Em nossos testes, todas as lutas fluíram muito bem, podendo até mesmo escolher opções como o ping (um número é exibido com essa informação). Além dos modos ranked e player matches, existe também o Tournament Mode. Outras opções incluem a possibilidade de hospedar no YouTube os replays e lobbies com 8 jogadores.

Uma das características interessantes dessa coletânea são as inúmeras configurações para a visualização do gameplay. Você pode variar diversos filtros ou até mesmo ver a tela como se fosse um Arcade de verdade, em diferentes ângulos. As imagens acima e abaixo deste parágrafo ilustram alguns exemplos.

Mas as adições não param por aqui. Se você jogou os outros dois games mencionados anteriormente (SFIII: TSOE e MvC:O), sabe que existem diversos "objetivos" a serem cumpridos. Eles são inúmeros e variados, desde realizar um número de movimentos até completar um determinado número de batalhas específicas. Aqueles que completarem os desafios, receberão diversos destraváveis no "Vault", um lugar que você pode ver artworks (contando com as de Stanley "Artgerm" Lau), vídeos e outras recompensas.

Por fim, existe um modo Tutorial e o Challenge, dependendo de qual game estiver jogando. Os nomes revelam exatamente o que você imagina que seja: um é um Tutorial disponível para cada personagem, explicando o básico dele, enquanto que o outro são verdadeiras "Trials", ou seja, combos que devem ser feitos conforme o jogo exige.

Darkstalkers Resurrection é uma excelente opção para os fanáticos por jogos de luta. São os clássicos da década de 90 adaptados aos gráficos de alta definição e com diversos extras. As diferenças entre os dois jogos, Night Warriors: Darkstalkers´ Revenge e Darkstalkers 3, são poucas, além do óbvio (personagens e elementos no gameplay). Mas vale destacar que Darkstalkers 3 possui um foco maior em partidas mais frenéticas (independente do modo Turbo), devido ao fato da transição de rounds ser mais rápida, iniciando a partir do ponto que acabou a vida do outro personagem.

Os pontos negativos acabam ficando por conta do que o próprio jogo oferece: o single é de certa forma limitado (Arcade e Trials apenas); os games, mesmo que sejam clássicos, envelheceram em quase 20 anos; e como em qualquer jogo de luta, há um nível de aprendizagem alto para você se dar bem. Este último ponto é controverso, obviamente, pois alguns esperam que seja fácil de se jogar, enquanto que outros preferem que seja complexo ao extremo. Darkstalkers está no meio termo, tendendo mais ao lado àqueles que se dedicarem bastante principalmente aos Challenges/Tutorial.


— Resumo —

+ Coletânea fiel aos originais
+ Inúmeros extras destraváveis
+ Online
+ Opções gráficas
+ Challenges/Tutorial

Single-player

Jogo analisado com código fornecido pela Capcom.

90%