AnálisesDLCPS4

Episode Gladiolus (Final Fantasy XV)

Análise

NOME: Não disponivel
FABRICANTE: Não disponivel
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Não disponivel
DISTRIBUIDORA: Não disponivel


LANÇAMENTOS
Não disponivel Não disponivel Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Não disponivel


No primeiro conteúdo DLC de história planejado para Final Fantasy XV, controlamos Gladiolus Amicita, em busca de um antigo poder guardado por uma misteriosa entidade, em uma caverna conhecida por conter poderosas ameaças e as almas daqueles que serviram o reino de Lucis há muito tempo.

A história se passa logo após a luta do grupo de Noctis contra Ravus, no capítulo 7. Sentindo-se fraco diante das ameaças que o grupo vem enfrentando, Gladiolus decide deixá-los para melhorar suas habilidades, adquirindo a força guardada pelo misterioso Mestre das Armas na Terra das Tribulações. Acompanhado por Cor Leonis, o membro da guarda real e única pessoa que sobreviveu aos testes da caverna, Gladiolus adentra o local para passar pelas provações e se tornar o Escudo Real definitivo, servindo o príncipe herdeiro do trono de Lucis.

O conteúdo da DLC é acessado através de um local no menu fora do jogo principal, funcionando como algo à parte, ou seja, você controlará um Gladiolus com level pré-determinado e travado, sem a chance de adquirir XP durante as batalhas, e receberá um item e uma habilidade nova para seu jogo principal, como forma de bônus por terminá-lo.

Em termos de gameplay, controlar Gladiolus é bem fluído e mais voltado para o combate físico, como já era esperado.

Por não ter a magia nem os poderes de teleporte de Noctis, Gladiolus tem em compensação um sistema de defesa mais robusto, com um escudo que o jogador pode usar para contra-atacar os inimigos, se usado no momento certo. Além de um ataque especial, que vai sendo carregado à medida que o jogador recebe ou causa dano aos inimigos. Há também uma barra de fúria, como uma espécie de streak, que vai aumentando a sua força com as defesas e contra-ataques acertados de Gladiolus.

O personagem tem um gameplay bem mais pesado e baseado na força e na quantidade de combos que infringir. Todos os sistemas exclusivos a ele colaboram para um gameplay divertido e ao mesmo tempo profundo.

Para compensar a linearidade e a falta de customização da DLC, Gladiolus vai adquirindo upgrades em suas habilidades à medida que avança na caverna, com espíritos oferecendo melhorias nas skills ao longo das provações. A trilha sonora também colabora com o frenesi do gameplay, mais "heavy metal" do que a trilha original e com um rearranjo de um tema familiar na batalha final.

No design, a fase do jogo é bem linear, formada basicamente por uma sucessão de cavernas e corredores e tendo que encarar boss fights para passar dos testes. Com isso, a Terra das Tribulações acaba se tornando repetitiva e um tanto cansativa, mesmo com a duração curtíssima da DLC. Em compensação, há uma boa variedade de inimigos durante as fases, com alguns sendo exclusivos do DLC. Não há coletáveis interessantes e o jogador só encontrará Poções e Penas de Fênix ao explorar os cantos da tela. Há pouco ou nenhum incentivo para o jogador retornar após terminar pela primeira vez.

O conteúdo de história tem aproximadamente de 1 hora e meia a até 2 horas. Além da campanha, há 2 modos extras, que são habilitados após o jogador concluir a história. Pontuação Competitiva, que nada mais é do que um Time Attack, no qual você recebe uma recompensa por quantos pontos fizer por partida. E Provação Final, em que o jogo testará suas habilidades te colocando em uma batalha desafiadora contra Cor Leonis, o membro da segurança real que acompanha Gladiolus no modo história.
 

Veredito

O DLC de Gladiolus é curto, linear, mas ainda sim diverte e tem um bom gameplay, mais brutal e baseado na força do personagem. Pelo preço do DLC, é um bom passatempo para quem já fez de tudo no jogo original, mas não espere nada profundo ou algo que influencie diretamente a campanha principal.


 

 

68%