AnálisesDLCPS3

Crown of The Old Iron King (Dark Souls II)

Análise

NOME: Não disponivel
FABRICANTE: Não disponivel
PLATAFORMA: ps3
GENERO: Não disponivel
DISTRIBUIDORA: Não disponivel


LANÇAMENTOS
Não disponivel Não disponivel Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Não disponivel


Enquanto Crown of The Sunken King trouxe um sopro de ar fresco para Dark Souls II com o nível de dificuldade extremamente elevado, puzzles nos cenários e uma batalha colossal contra o último boss, em Crown of The Old Iron King a FromSoftware resolveu aliviar o pé, mantendo a dificuldade progressiva do jogo principal, a ausência de cenários labirínticos e uma menor quantidade de novos itens. E apesar da batalha contra o último boss ser extremamente difícil, ela não é nem de perto tão desafiante quanto a batalha contra Sinh, The Slumbering Dragon.

Como o próprio nome da DLC sugere, para acessar a nova área basta dirigir-se até a primal bonfire localizada logo após a batalha contra Old Iron King, em Iron Keep. Assim como no episódio anterior de Lost Crowns Trilogy, em Crown of The Old Iron King também há uma área para os jogadores que não possuem a DLC colocarem seus sinais para serem summonados em uma zona específica dentro das novas áreas. A diferença é que agora são dois os locais possíveis de serem jogados sem ter comprado a DLC.

Quem jogou Dark Souls II lembra-se muito bem que Iron Keep era uma área dominada por fogo, seja ele sendo expelido em forma de lava pelos lagos de magma ou sendo bafejado por estátuas nada amigáveis. Pois bem, em Crown of The Old Iron King os ambientes são cobertos por cinzas, o que indica que o local foi consumido por labaredas flamejantes em um passado distante. Mas não se desespere, meu jovem piromaníaco, as chamas continuam a arder. Há inclusive algumas estátuas regurgitadoras de fogo que podem ser igualmente perigosas tanto para o jogador quanto para os mobs. Basta acionar um mecanismo para deslocar a estátua em direção a seus oponentes para apenas assisti-los sendo imolados.

Entretanto, os inimigos encontrados nessas novas áreas não são grandes ameaças à sua existência. Como dito, de uma forma geral a dificuldade dessa expansão não é alta. O que dá equilíbrio e mantém as características da série Souls são as batalhas contra os bosses, que são realmente desafiadores.

O momento alto da DLC é a luta contra um dos bosses. Se a batalha em si já não fosse desafiadora e bela o suficiente levando em consideração apenas o boss, o destaque fica para o local em que a luta acontece. Ambientado em um saguão com enormes janelas, à vista de um deslumbrante céu alaranjado crepuscular, que é duplicado pelos reflexos do piso, tudo passa uma sensação mesmerizante no ar. Esse é de longe o momento mais marcante dessa DLC. Tudo isso ao som de uma música grandiloquente e sinistra que dá um tom tenebroso à batalha.

Da mesma forma que em Crown of The Sunken King, Crown of The Old Iron King também reaproveita um boss do jogo principal. O que pode parecer um fator nostálgico a princípio, se mostra apenas como uma maneira fácil e simples de preencher o jogo reaproveitando o design de um personagem já existente.

O level design segue o padrão do jogo principal, sem os puzzles e cenários labirínticos de Crown of The Sunken King, o que não deixa de ser um pouco frustrante e até mesmo um retrocesso, tornando o jogo bem mais linear. Mas ainda assim o jogo tem muitos locais secretos, que sempre recompensam quem souber explorá-los. Entre os novos itens adicionados estão algumas armaduras, magias, armas e anéis.

A adição mais significativa são mesmo os anéis, sendo que um deles diminui a perda de stamina ao bloquear um ataque com o escudo, outro torna o personagem invisível ao fazer um rolamento, além de anéis que aumentam a força e a destreza, entre outros.

Mais uma vez a FromSoftware deixou os troféus de fora do pacote de expansão. Levando em consideração que o nome Dark Souls atrai caçadores de troféus, muito provavelmente pelo status que uma platina desse nível proporciona, essa não deixa de ser uma notícia ruim.


 

Veredito

Apesar de em teoria ser um passo para trás se comparado a Crown of The Sunken King, levando em consideração principalmente a ausência de puzzles em cenários e o nível de dificuldade menor, Crown of The Old Iron King tem algumas batalhas memoráveis e extremamente desafiadoras. Resta saber o que a FromSoftware nos reserva para o derradeiro capítulo de Lost Crowns Trilogy.

DLC analisado com código fornecido pela Bandai Namco.

90%