AnálisesPS4

Análise – MLB The Show 19

Análise

NOME: MLB The Show 19
FABRICANTE: Sony San Diego Studio
PLATAFORMA: ps4
GENERO: Esporte / Basebol
DISTRIBUIDORA: Sony Interactive Entertainment


LANÇAMENTOS
26/03/2019 26/03/2019 Não disponivel


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Resolução Máxima: 1080p
Nº de Jogadores: 1- 8
Troféus (inclusive Platina)
Espaço necessário: 53 GB
Legendas em PT-BR: Não
Dublagem em PT-BR: Não


“E ela diiiiiiiisse ADEUS!!!” Quem está acostumado com as transmissões de baseball pela televisão, está acostumado com esse bordão. Para quem não está familiarizado com o esporte, tem curiosidade sobre o mesmo, ou simplesmente gostaria de dar uma chance para àquele que já foi o esporte mais popular dos Estados Unidos, MLB The Show 19 serve com um ótimo estímulo dada a sua tentativa de simular o esporte da melhor forma possível mundo dos jogos eletrônicos.

O primeiro ponto a ser destacado em MLB The Show 19 é a sua impecável apresentação. Graficamente, o jogo consegue causar o impacto desejado: o de conseguir se aproximar o mais próximo possível da experiência de se assistir um jogo pela televisão.

Além de apresentar modelos gráficos convincentes de alguns dos jogadores da Major League Baseball (liga profissional americana) o jogo se utiliza dos narradores oficiais da MLB TV, canal que transmite o esporte 24h, para ajudar no realismo.

Outra coisa que chama a atenção é que a maneira que o jogo é apresentado lembra e muito a tela da MLB TV, com informações sobre os times em tempo real, novas partidas, estatísticas sobre o a temporada, etc. No quesito apresentação, MLB The Show está a frente dos outros jogos de esporte.

O nível de detalhes se expande aos estádios e os torcedores. Todos os estádios da liga foram recriados de forma minuciosa, com detalhes sobre eles como número de publico que ele suporta. Os torcedores também tiveram um cuidado especial no desenvolvimento do jogo, pois eles participam de forma acentuada durante a partida. Quando o nome de um jogador é anunciado pelos autofalantes dos estádios, eles começam a vaiar e dizer algumas coisas que não sem possíveis de serem entendidas.

Ainda falando sobre o áudio do jogo, MLB The Show 19 coloca o jogador dentro do estádio graças ao excelente nível sonoro. Além da atividade dos torcedores com seus gritos e vaias, músicas são tocadas nos intervalos da partida, os jogadores têm seus nomes anunciados nos autofalantes e a repórter Heidi Watney aparece em alguns momentos do jogo trazendo informações relevantes.

A jogabilidade de MLB The Show 19 pode afastar jogadores que queiram se aventurar pelo mundo do baseball pela primeira vez. O esporte por si só já é bem complexo e o jogo acaba por coloca-la quase que da mesma forma. Embora exista níveis de dificuldade e tutoriais dos mais variados, é quase que impossível atrair alguém sem o mínimo conhecimento e/ou gosto pelo esporte.

Mesmo complexa, ela cai com uma luva para os amantes do esporte. Você consegue ter a impressão de estar controlando os jogadores de MLB dado o número de estratégias e escolhas a serem feitas tanto ao arremessar quanto ao rebater.

A quantidade de modos de jogo chama a atenção muito mais do que a diversidade em si entre eles. Além disso, tais modos são muito parecidos aos de seus antecessores mesmo com algumas melhorias, o que acaba fazendo o novo modo Moments chamar a atenção.

Nele, você terá a possibilidade de jogar momentos históricos do esporte. Será possível recriar os momentos quem que recordes foram alcançados no primeiro modo, em outro você jogará com a lenda do baseball, Babe Ruth e por último existe a possibilidade de jogar certos momentos da temporada vencedora do Chicago Cubs em 2016.

A ideia do modo Moments é divertida, mas às vezes acaba fazendo com que o jogador acabe perdendo o interesse pela mesma já que alguns desses tais momentos exigem no máximo dois minutos de jogo. Isso faz com que você fique mais tempo na tela de carregamento do que jogando.

Road to The SHow é outro modo que chama a atenção. Você criará seu jogador e o levará desde o draft até à Major League Baseball. Nele, você terá testes enquanto jogador aspirante à profissional que definirão suas habilidades e, consequentemente, o time que acabará o escolhendo.

Já como jogador da no Minor League, uma espécie de segunda divisão, suas atitudes dentro e fora do campo ajudarão a moldar ainda mais o seu personagem. Além de realizar jogadas comuns de jogo, existem desafios dinâmicos em alguns momentos da partida que ao serem completados, melhoram atributos específicos do seu jogador.

Além disso, você pode trocar o equipamento do seu jogador entre as partidas, melhorar atributos e obviamente acompanhar o desenvolvimento dele. Pode se dizer que esse modo de jogo é um exemplo de RPG em um jogo de esportes.

Com o modo March to October você jogará a temporada de 2019 com o seu time do coração. Ao inicia-lo, você assistirá a um vídeo sobre a temporada anterior do time escolhido. Nesse modo, o jogador terá a possibilidade de jogador momentos chaves das partidas que poderão ou não levar seu time à vitória.

Entretanto, o fato de o modo de jogo não deixar o jogador ter a experiencia de um jogo inteiro pode não animar quem realmente gosta do esporte. Para os marinheiros de primeira viagem, essa rapidez de jogo pode ser um fator determinante para incitar o gosto pelo esporte.

Veredito

MLB The Show 19 é um ótimo simulador de baseball. A imersão gráfica e sonora faz com que o jogador se sinta assistindo à uma partida do esporte. Embora seja necessário um certo tempo para conseguir dominar a sua jogabilidade, os modos de jogam chamam a atenção por seus aspectos únicos. MLB The Show 19 é um home run.

Jogo analisado com código fornecido pela Sony Interactive Entertainment.

85%