AnálisesPS3

3D Dot Game Heroes

Análise

NOME: 3D Dot Game Heroes
FABRICANTE: Silicon Studio
PLATAFORMA: ps3
GENERO: Aventura
DISTRIBUIDORA: Atlus


LANÇAMENTOS
14/05/2010 14/05/2010 05/11/2009


INFORMAÇÕES ADICIONAIS E SUPORTE
Nº de Jogadores: 1

Definição HD: 1080p

Troféus


3D Dot Game Heroes é um game feito para os fãs de The Legend of Zelda no PlayStation 3. Não tem como negar isso. Todos os elementos são chupados da franquia de forma idêntica, tendo algumas poucas alterações em determinados itens, por exemplo. Portanto, antes mesmo de ler essa análise, saiba que se você é fã dos Zeldas antigos de NES, SNES e Game Boy, o game é obrigatório. Para os que não conhecem, vale a conferida; para os que detestam, nem percam tempo com o jogo.

3D Dot Game Heroes é um título exclusivo do PlayStation 3 produzido pela Silicon Studio. Publicado pela Atlus na América e pela FromSoftware no Japão, o game é no estilo aventura com elementos de RPG. Antes mesmo de iniciá-lo, você possui a opção de editar seu personagem. As opções para a modelagem são bem variadas, permitindo diversas criações diferentes. O jogo já oferece cerca de 20 personagens diferentes para quem tem preguiça de editar, bastando selecionar apenas o que melhor agradá-lo.

O game começa com uma história idêntica à Zelda. Em Dotnia Kingdom, havia um ser maligno chamado Dark King Onyx, o qual trouxe escuridão para o reino, roubando seis orbs mágicas. Um herói apareceu com uma espada lendária e salvou o reino, selando Onyx em uma outra orb. Agora, o Dark Bishop Fuelle roubou a orb que mantém Onyx preso e Dotnia encontra-se novamente no caos. Agora cabe ao jogador, controlando um protagonista que é um descendente do herói lendário, salvar o reino.

A história ainda conta que o reino foi um mundo pixelado em 2D, mas o rei sentia que sprites estavam desatualizados. Dessa forma, o mundo se tornou 3D mas mantendo o visual pixelado.


3D Dot Game Heroes permite a criação de personagens. Aqui temos Link, da série Zelda, fielmente reproduzido de sua versão 8-bit.

3D Dot Game Heroes conta com um mundo aberto (overworld) e o sistema de dungeons. Ou seja, existe um mundo que você pode explorar com cidades, florestas, desertos e existem seis dungeons espalhadas que devem ser completadas em uma certa ordem, cada uma com salas cheias de puzzles e um chefe final. Cada dungeon também possui um item que pode ser coletado.

Falando em itens, 3D Dot Game Heroes se inspira demais em Zelda nesse ponto. O arco, bumerangue, bombas e até mesmo o característico hookshot estão presentes. Mas há itens novos ou diferentes. Por exemplo, a vela que existe no primeiro The Legend of Zelda funciona como um item que pode ser gastado em 3DDGH para iluminar dungeons com salas escuras. Mas temos também o “bestiary”, ou seja, um item que deve ser usado em todos os inimigos do game várias vezes (nos chefes pode chegar a cerca de 50-100 golpes) para que eles sejam registrados no próprio livro. Obviamente que isso é grande parte dos troféus do jogo.


Keyboard Cat marca presença no jogo com o editor.

3D Dot Game Heroes possui diversos colecionáveis. Além de itens que aumentam o tamanho de sua vida e magia (magia é gasta com certos itens, como um que revela segredos ou outro que deixa você imune a projéteis), há toneladas de espadas, as quais são pegas em diversas side-quests. Você provavelmente fará uma jornada inteira no jogo só para se focar em pegar todas as espadas. Além disso, outra jornada será focada em terminar no modo Spelunker (nome dado a um clássico jogo da MicroGraphicImage, o qual recebeu uma versão HD pela Sony no Japão), ou seja, se levar um golpe, morre. Isso é bastante complicado contra os chefes, principalmente.

No geral, 3D Dot Game Heroes não é muito longo e nem muito curto. As dungeons possuem puzzles, mas não são tão complicados e fora delas, você recebe uma indicação clara para onde deve ir.


Um dos personagens disponíveis no jogo é um gorila.

3D Dot Game Heroes possui alguns extras, como tirar fotos no momento que quiser (as imagens dessa análise foram tiradas por mim). As telas de loading são homenagens a diversos jogos antigos – assim como o próprio game. Há muitas homenagens, principalmente à Zelda. Homenagens obscuras como “It’s dangerous to go alone! Take this!” até as mais evidentes como o próprio sistema do jogo, espada lendária (Master Sword), uma fada guiar o personagem e uma tonelada de outras referências.

O maior problema de 3D Dot Game Heroes talvez seja seu excesso de homenagens. Uma hora o jogo perde sua identidade, pois a história não é desenvolvida no enrolar do game. Ela tem praticamente um “começo” e “fim”, sem um “meio”. Fora isso, a crítica negativa pode ficar no som do jogo. É evidente que procura-se reproduzir o efeito de jogos antigos, mas os gráficos conseguiram esse efeito com maestria – já o som, não. Quanto à jogabilidade, ela é em “2D”, mas certos efeitos como a espada poder ser girada em 360º, a tornam mais atualizada.

3D Dot Game Heroes pode acabar sendo esquecido no meio de tantos lançamentos que o PlayStation 3 recebeu e receberá em 2010, mas é algo que os gamers old-school deveriam conferir. Os fãs de Zelda, então, já deveriam ter feito a pré-compra. Os jogadores mais novos e que não viveram a era NES e SNES não entenderão a magia e nostalgia que esse game pode passar. É tudo uma questão de interpretação e opinião. Cada um tem a sua.

85%