Nioh 2: The First Samurai – Review

Após quase 1 ano de seu lançamento, Nioh 2 teve todo seu conteúdo planejado já lançado e, agora com a chegada da DLC O Primeiro Samurai, finalmente temos o pacote completo que engloba tanto este título quanto a franquia como um todo. Apesar de tudo, avaliando tanto esse último pacote de conteúdo e também o que foi lançado até hoje, temos um título completo e satisfatório aqui?

A resposta imediata é um sim, mas é preciso entender a existência de todas as dlcs de Nioh 2 e no que elas agregam ao jogo base. Conforme já foi dito sobre as expansões anteriores, Aprendiz de Tengu e Trevas na Capital, cada uma levava o herói de Nioh 2 de volta ao passado para reviver histórias e personagens cruciais que envolviam a lenda da espada Sohayamaru. A última DLC segue essa linha e agora apresenta aos jogadores os primórdios da espada em sua relação com o demônio Otakemaru.

Nioh 2 DLC

Não há muita distinção do que já foi mostrado anteriormente e a fórmula se repete aqui, com os mesmos acertos, mas também com os mesmos problemas de antes. A campanha de O Primeiro Samurai se resolve em 2 missões principais, englobando tanto o surgimento de novos personagens, seus motivos, desenvolvimento da trama e a finalização da mesma. Ainda como antes, tudo muito acelerado e sem tempo suficiente para apresentar de forma satisfatória uma narrativa decente ao jogador, mas sim focando em pontos e cenas chaves que vão passar a imagem necessária da trama e apenas isso. Apesar disso, alguns pontos da campanha precisam ser citados como positivo, principalmente o desfecho que amarra a história do jogo e elimina as últimas pontas soltas da campanha.

Apesar de tudo, ainda é interessante ver tudo o que envolve o universo de Nioh, mesmo séculos antes das histórias originais dos primeiros jogos. Enquanto as DLCs de Nioh moviam William para anos à frente e histórias ainda não contadas, as de Nioh 2 focam nas lendas que circulam toda a mitologia apresentada ali. De forma geral é bastante interessante, mas como uma expansão do universo não vai muito além do óbvio.

O Primeiro Samurai talvez se prende demais nesse pouco conteúdo de história e no fator replay para ser relevante, servindo ao jogador mais do mesmo para embarcar em combates contra yokais e outros desafios. Entretanto, usa excessivamente a reciclagem de conteúdo e falta de novidade para ser algo obrigatório além de se ter o pacote completo da história de uma vez.

nioh2_dlc3_1

O design de missões não muda muito do que já foi visto antes, mas destaque para o visual distinto das novas localizações e cenários ainda mais belos. Quanto às armas, dessa vez não foi incluída na DLC uma arma inédita, diferente dos pacotes lançados anteriormente. De grande novidade, ficam apenas um chefe e outros subchefes presentes nas missões fornecidas, mas ainda temos grande maioria dos inimigos como sendo reciclados do jogo base ou até das duas expansões anteriores.

Se você se arriscou até aqui, acompanhando cada conteúdo já lançado para a franquia, já sabe a fórmula usada e como a mesma é aplicada nos jogos da Team Ninja. Infelizmente não é a melhor, apesar do preço ser interessante pelo que é proposto. Seria mais inteligente um grande pacote de conteúdo que envolvesse as três expansões como um conteúdo só, trazendo um impacto maior ao jogo, mesmo que isso limite o suporte ao título. De certa forma, agora que foi confirmado um hiato para a franquia, talvez aconteça uma revisão na política de conteúdo ou até mesmo alguma mudança para um possível Nioh 3, ainda que não haja pistas para o que possa vir pela frente.

nioh2_dlc3_2

Quando observamos as duas expansões anteriores e comparamos com a última recém lançada, O Primeiro Samurai e Aprendiz de Tengu ficam um nível abaixo de Trevas na Capital, principalmente pelo fanservice maior na segunda DLC. Fora isso, usam a mesma fórmula com roupagem diferente, que vão garantir ao jogador mais horas do mesmo gameplay, jogabilidade com alguma novidade vindo das novas armas, um novo nível de dificuldade e complemento para a história. Ainda que não sejam primordiais, são complementares ao que o título base já oferece e expande em conteúdo para os que desejam ir atrás disso.

DLC analisado no PS5 com código fornecido pela Sony Interactive Entertainment.

cassino online Netbet

Veredito

A última DLC para Nioh 2 quase não se destaca em nenhum aspecto e acaba por ficar devendo pela falta de novidades. Ainda é um bom conteúdo apesar de tudo, mas bastante limitado e repleto de reciclagem, que serve mais como um complemento e finalização do título da Team Ninja.

70

Nioh 2

Fabricante: Team Ninja

Plataforma: PS4

Gênero: Ação

Distribuidora: Sony Interactive Entertainment / Koei Tecmo

Lançamento: 13/03/2020

Dublado: Não

Legendado: Sim

Troféus: Sim (inclusive Platina)

Comprar na

Veredict

The last DLC for Nioh 2 hardly stands out in any way and ends up showing the lack of new content. It is still a good expansion after all, but very limited and full of recycling material, which serves only as a complement and an ending for the Team Ninja game.